Notícias

CADASTRE-SE E
FIQUE POR DENTRO

Pesquisar

Administrativo, Infraestrutura e Urbanístico
Ambiental
Arbitragem
Contencioso Imobiliário
Contratual
Família e Sucessões
Empresarial
Imobiliário
Mercado de Capitais
Internacional
Penal Empresarial e Compliance
Trabalhista
Prevenção e Resolução de Litígios
Tributário

Comunicados

Imobiliárias e estandes de vendas reabrem

publicado em 10/06/2020 09:17

Fonte: O Estado de S. Paulo - 10 junho 2020

Prefeitura de São Paulo, Secovi-SP, Abrainc, Aabic, Creci-SP e Seconci-SP celebraram ontem (9/10) protocolo para a reabertura de escritórios das empresas imobiliárias e estandes de vendas de imóveis na Capital. “A partir da publicação no Diário Oficial do Município, as atividades desses segmentos po- dem ser retomadas desde que cumpridas as determinações legais. Nossos representados devem avali- ar com critério se de fato têm condições para se adaptar ao protocolo até que o fim da pandemia seja oficialmente anunciado. Estamos divulgando amplamente as regras e prontos para esclarecer dúvidas. A meta é que todos atuem de forma alinhada e responsável”, afirma Basilio Jafet, presidente do Secovi-SP.

Resumidamente, os principais pontos do protocolo são:

Distanciamento Social – reduzir o atendimento presencial, afastar colaboradores que fazem parte do grupo de risco (maiores de 60 anos ou com doenças crônicas/graves), manter o distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas, agendar e limitar a uma família por vez as visitas a apartamentos decorados e/ou imóveis;

Higiene - uso obrigatório de máscaras, local para lavagem das mãos ou higienização com álcool 70% e fornecimento de kit higienizado com material de uso exclusivo do cliente (caneta, prospectos);

Sanitização de ambientes - manter todos os ambientes ventilados (com limpeza e desinfecção das su- perfícies mais utilizadas) e não oferecer alimentação ou serviço de manobrista;

Orientação a clientes e colaboradores – divulgar protocolos adotados por meio de cartazes, cartilhas, aviso eletrônico (no agendamento de clientes) e informar sobre indisposição ou contato com caso confirmado de covid-19;

Testagem de colaboradores – encaminhar colaboradores classificados com suspeita ao atendimento médico para testagem adequada;

Cuidados com clientes - realizar triagem (com medição de temperatura e questionamentos sobre con- dição de saúde) para permitir a entrada de pessoas;

Horários alternativos de funcionamento avaliar e buscar horários alternativos (menor demanda por transporte) para os turnos de trabalho;


Agendamento e redução do expediente – adotar sistema de agendamento e limitar o atendimento ao público a 4 horas diárias no máximo;

Esquema de apoio para colaboradores – oferecer home office ou condições especiais àqueles que não tenham quem cuide de seus dependentes no período em que estiverem fechadas as creches, escolas e abrigos.

Além do protocolo, também foi assinado um Termo de Compromisso. Este estabelece parceria entre a PMSP e os compromissários para adoção do protocolo sanitário (confira a íntegra dos documentos em www.secovi.com.br).


Para o Secovi-SP, a possibilidade de reabrir os plantões de venda traz alento ao setor, uma vez que o mercado vem detectando forte interesse de potenciais compradores, os quais não tinham como visitar o modelo decorado ou unidades prontas. A exemplo do que ocorreu com os canteiros de obras, que não pararam de funcionar e cujos protocolos adotados se mostraram eficazes, as empresas de inter- mediação estão devidamente conscientes de seu papel no combate à disseminação da covid-19, o que tranquiliza o Secovi-SP no cumprimento das normas sanitárias pelas milhares de empresas representadas.


“Nossa função primordial é informar, orientar, esclarecer. Vamos manter tratativas com o poder pú- blico para obter condições mais favoráveis para o pleno restabelecimento das atividades representa- das, para atender com segurança e respeito à vida de colaboradores e clientes”, conclui Basilio Jafet.

compartilhe:

CADASTRE-SE E FIQUE POR DENTRO